9 dicas essenciais para melhorar seu networking (rede contatos)

  • Fazer networking não significa conhecer gente, e sim construir uma rede de relacionamentos com as pessoas certas.
  • O desafio é como criar uma rede social de amigos que compartilham os mesmos interesses profissionais — não é preciso ficar participando de eventos chatos.
  • Este artigo é sobre como adaptei minhas técnicas de relacionamento como jornalista para nutrir redes sociais novas.

O networking consiste em criar relacionamentos online e offline

Se existe um trabalho no mundo que realmente depende de fazer um excelente networking é o de repórter de economia. Fazer contatos, buscar a notícia, e encontrar fontes: essa é a rotina de um jornalista. Nos anos que me dediquei a cobrir o mundo dos negócios para um jornal, aprendi a importância de criar e manter redes sociais novas, do motorista de taxi até os executivos das maiores companhias.

Essas técnicas de networking foram extremamente úteis quando comecei a trabalhar como freelancer, e a investir no meu próprio negócio.

Como você certamente já sabe, uma boa rede de relacionamento é a melhor maneira de encontrar um trabalho, e pode fazer toda a diferença na hora de começar um novo negócio.

Aqui estão algumas dicas testadas e aprovadas de networking para que você expanda suas redes sociais como se fosse seu trabalho. Ao seguir estes conselhos, certifique-se de que você esteja se conectando com contatos que façam a diferença, pessoas que o ajudem a alcançar seus objetivos profissionais.

 

Encontre seus gurus.

Quando um jornalista começa a cobrir um tema novo, o primeiro passo é encontrar a pessoa certa — ou pessoas certas –, que conheça toda e qualquer contato no setor. Para essa tarefa, por que começar do zero quando você pode se conectar com alguém que trabalha nisso há anos? A maioria dos chamados “gurus” dos relacionamentos são especialistas na sua área, e estarão felizes em compartilhar informação com quem mostre grande interesse no que eles fazem, especialmente se você puder ser um bom contato para ele no futuro.

Tente criar uma rede social com pessoas que escrevem em blogs do setor, que organizem eventos de networking importantes, ou que sejam entrevistados com frequência pela mídia como um especialista. Você verá que essas pessoas são muito mais acessíveis que um CEO conhecido, um autor de best seller ou celebridade. Ao mesmo tempo, elas serão tão ou mais vailosas, já que pessoas influentes sempre podem ser um trampolim para alcançar outros níveis de contatos.

 

Peça que o apresentem.

Uma apresentação pode ser poderosa. Indica que você faz parte de um círculo de confiança. Nada menos que 71% dos profissionais de recursos humanos dizem que candidatos indicados têm alta prioridade na hora de decidir uma contratação. Então, como conseguir mais apresentações? Aqui, uma dica de jornalista pode ser uma mão na roda: no final de cada entrevista (ou conversa), pergunte ao seu contato com quem mais você deveria falar.

Saber lidar com as pessoas é o segredo do networking, e dos bons negócios

Essa atitude pode ter um efeito exponencial para a criação de novas redes sociais, e a manutenção de relacionamentos. Se seu contato estiver disposto a escrever um email de apresentação para vocè, ótimo! Mas se isso não for possível, não desista: faça você mesmo o contato, sem se esquecer de mencionar a pessoa que o indicou: “Fulano disse que eu deveria falar com você sobre este assunto”.

A mesma estratégia também vale para eventos de networking, onde você pode conseguir recomendações sobre com quem falar no momento. No entanto…

 

Se nada funcionar, use uma abordagem direta.

O que antes era uma verdadeira caça através do telefone é, hoje em dia, bem mais fácil. Ninguém precisa mais dar um tiro no escuro, e passar pela operadora e outras 20 pessoas antes de falar com a pessoa certa. Hoje, a internet e as redes sociais permitem que contatemos quase todo mundo, e ter o máximo de informação sobre o contato. É verdade que você pode passar pouca seriedade se contatar alguém diretamente via Twitter, mas exitem outras formas.

O email é, sem dúvida, a melhor forma de comunicação nestes casos. Mas, como encontrar o endereço de email correto? Em geral, adivinhá-los é fácil, já que eles costumam ser a combinação de nome e marca da empresa. Em um post anterior, falamos inclusive sobre truques para encontrar o email de qualquer pessoa, para que você não dependa apenas de ir tentando endereços ao azar.

Com o email certo, é hora de agir! Explique rapidamente quem você é, vá direto ao ponto e sugira uma ligação ou encontro. Lembre-se que fazer um bom networking depende de construir relacionamentos de verdade — ou seja, que é melhor a presença física.

 

Escolha bem os eventos de networking.

Eventos que são bons para alguns podem ser inúteis para outros. Identifique todos os encontros que possam ser relevantes para você e selecione os que mais podem aproximá-lo de seu objetivo. Estipule uma meta real e prática de eventos que você possa participar em um mês ou trimestre, e agende-os como compromissos de trabalho para que você não se esqueça deles!
Lembre-se que encontros menores e mais especializados podem trazer melhores resultados. Se você tiver ou quiser participar de grandes eventos, lembre-se de planejar bem quem você quer conhecer antes do grande dia. Não se esqueça de usar a dica sobre perguntar às pessoas quem você deveria conhecer.

“Os intervalos para o café ou encontros e festas que vêm depois são os momentos mais oportunos para criar contatos”

A maioria desses eventos são preenchidos com seminários e mesas-redondas, mas os intervalos para o café ou encontros e festas que vêm depois são os momentos mais oportunos para criar contatos. Tenha cuidado para não dedicar tempo demais a apenas um contato — talvez seja importante estabelecer um número mínimo e máximo de pessoas para conhecer.

 

Saiba comunicar o que você sabe fazer.

É essencial que você saiba o que está vendendo ao seu contato. Resuma a sua mensagem em uma frase, e repita-a todas as vezes que puder (tanto no mundo real como no mundo online).

Ou seja, aproveite todo tipo de pergunta de um público, ou encontro com possíveis clientes ou outros contatos, para treinar essa frase e decorá-la.

Faça com que você seja percebido

Se você souber transmitir bem o que faz, mais pessoas lembrarão de você quando pensarem na sua especialidade. Isso também servirá na hora de recomendarem seu trabalho ou contato para terceiros.

Aqui estão alguns exemplos reais que eu uso:

  • “Eu escrevo para o blog de MailTrack, os double-checks do seu email”.
  • “Trabalho como jornalista de negócios freelancer”.
  • “Sou cofundadora de uma agência de conteúdo multilíngue”.

As três frases são verdadeiras, mas transmitem uma mensagem diferente de quem eu sou e o que ofereço. É importante que sejam períodos curtos, porque o tempo sempre é valioso. E, mesmo que haja tempo, você nunca deve passar do limite e parecer chato. Se o contato responder o email e mostrar interesse, esse é momento de usar suas melhores técnicas de venda.

 

Transforme-se na pessoa certa produzindo seu evento de networking.

Cansado de participar de encontros de networking chatos e irrelevantes? Por que não organizar o seu?

Ferramentas de redes sociais como LinkedIn, Facebook e Meetup facilitam a criação de grupos ao redor de diferentes tópicos. Buscando um talento local do mundo tech? Crie um grupo de “Programadores iOS” na sua cidade. Quer conhecer outros amantes da arte urbana? Crie o “Artistas urbanos do mundo, uni-vos”.

Ao criar sua própria rede de relacionamentos ao redor de um assunto que você domina, todos das suas redes sociais vão associá-lo a esse tema. Certamente, não se trata de um objetivo fácil — mas consegui-lo com o tempo traz grandes benefícios.

 

Torne fácil que as pessoas o encontrem online.

Dê uma caprichada nos seus canais de redes sociais, monte seu próprio site, e faça o que for necessário para que seu nome surja em uma boa posição no Google quando procurarem sobre você no buscador.

As webs de canais como Twitter, LinkedIn, Facebook e instagram saem sempre entre os primeiros resultados da busca. Certifique-se, portanto, de que a mensagem que você transmite por esses canais o beneficia. Se você não quiser misturar a vida profissional com a pessoal, tenha o cuidado de mudar nomes de usuários, ou manter privadas as mensagens que você não gostaria que fossem públicas.

Estes cuidados não estão diretamente relacionados à relação pessoa a pessoa de um networking, mas fará toda a diferença na imagem que as pessoas construirão sobre você.

 

Saiba lidar com as pessoas, e não tenha medo de fazer amizades.

Basicamente, não existem jornalistas que digam não para um evento com uma fonte importante. Uma festa especial ou um dia em um evento esportivo pode valer ouro na hora de consolidar relacionamentos duradouros. Como costuma dizer o investidor, empreendor e mestre do networking Rich Stromback, “a chave para construir relacionamentos é parar de fazer networking”.

É provável que você seja resistente à ideia de relaxar e se soltar na frente de alguém que pode lhe dar o trabalho ou oportunidade de negócios do seus sonhos. Isso é normal, principalmente quando estamos conhecendo alguém. Nestas situações, minha dica é notar na outra pessoa até onde você pode ir. Por exemplo, se ela estiver tomando alguma coisa, tenha certeza de que você não estará tomando mais do que ela. A atitude certa, claro, depende de cada situação — mas tente ser você mesmo! Fazer networking, no fim das contas, também é construir amizades! Amizades que podem ser uma mão na roda.


A persistência é chave — faça um follow-up
!

Manter a conexão é chave no networkingSource: Popkey.co

Depois de fazer um novo contato, é importante manter o relacionamento. Um simples email de follow-up — dizendo, por exemplo, que foi bom conhecê-lo, ou enviando um texto comentado anteriormente — é uma ótima maneira de manter seu nome fresco na mente das pessoas. Dê uma olhada no meu post anterior sobre emails de follow-up. Não tenha medo de ser um pouco insistente. Se você for alguém que vale a pena conhecer, seu contato gostará da sua persistência. E se você não conseguir nada, siga adiante!